quarta-feira, 2 de maio de 2012

Primeira Viagem

Meus pais estavam ausentes e eu já estava contando os dias, ou melhor, esperava horas, minutos, segundos para que chegasse a minha viagem de férias, iria passar na casa de minha tia em outra cidade.
            Ao entrar no ônibus, eu estava muito nervoso, pois não conhecia ninguém e também tinha receio de passar do lugar onde eu desceria. Como eu não conhecia a cidade poderia ficar perdido.  Meu pai era conhecido do motorista e pediu para que tivesse um pouco de cuidado comigo.
No meio da viagem, como era começo de férias, o trânsito estava parado, eu não sabia o que fazer, pois não conhecia ninguém e era tímido, tomei coragem e perguntei ao motorista o que estava havendo, ele me explicou e eu fiquei mais aliviado, depois disso eu comecei a conversar com ele porque o achei um cara muito legal.
            Quando cheguei, desci do ônibus, eu achava que teria que ligar para minha tia, que ela não iria me buscar, mas para minha sorte ela já estava à minha espera e me recebeu com um grande abraço de boas vindas. Depois de passar os dias lá eu achei que foi uma das melhores e mais emocionantes viagens que já fiz.
 J.S.R.

Nenhum comentário:

Postar um comentário