quarta-feira, 2 de maio de 2012

A primeira vez a gente nunca esquece

A primeira vez de tudo sempre é marcante, poder ser quando você anda pela primeira vez de bicicleta, vai à primeira festa, dá o primeiro beijo, que sempre é marcado porque você passa vergonha ou acontece de um jeito maravilhoso.
A primeira vez que andei de bicicleta sem rodinhas, levei um tombo enorme que quase quebrei meu braço, disse que não andaria mais e realmente não ando.
A primeira vez que participei de uma Feira de Ciências foi na segunda série, passei semanas e semanas decorando o texto. No dia estava tudo certo, mas foi na hora que o marido da professora chegou para que eu me apresentasse para ele que paralisei e esqueci tudo, foi horrível! Talvez seja por isso que, até hoje, não gosto muito de falar em público.
Primeira vez que fui a um dance, tinha 10 anos. Foi na casa de um amigo, ele sempre fazia. Minha mãe não fazia ideia que eu tinha ido, saí dizendo que ia para a casa de uma amiga. Acho que foi um dos melhores dias da minha vida, não fiz nada demais, apenas dancei e me diverti muito com meus amigos. Neste dia, um menino que todas admiravam, pediu para ''ficar'' comigo e eu disse não. Fiquei com raiva de mim. Hoje não me arrependo mais.
O primeiro beijo - acho que na vida de uma garota é o dia mais marcante de sua vida - esse você não esquece, tendo sido ele bom ou ruim. O meu foi maravilhoso, mas prefiro não comentar. Melhor guardá-lo comigo em minhas memórias para sempre.

R.O.

Nenhum comentário:

Postar um comentário