segunda-feira, 23 de abril de 2012

Minha Primeira Bicicleta

Era agosto, minha vida estava uma chatice, sentado no banquinho da rua olhando meus amigos brincando de corrida de bicicleta: iam até a ponta da rua e voltavam, me sentia excluído por não poder participar com eles.
Passaram-se muitos dias para eu sentir aquela grande emoção. Ao amanhecer, fui escovar os dentes, quando me deparei com uma bicicleta pequena, vermelha com cesta preta na frente e com adesivo do Homem-Aranha. Eu disse:
-Não acredito!
Satisfeito, fui ao encontro da bicicleta. Meu desejo tinha se realizado, porém agora tinha outro problema: não sabia andar de bicicleta!
Ao chegar o domingo, um vizinho que era mais novo, também meu ídolo - porque sabia andar de bicicleta sem as mãos - me ensinou a andar na nova bike, passou todas as instruções, como pedalar, como equilibrar, é só olhar para frente. Tentei fazer o que ele tinha mandado, mas caí na calçada. Levantei-me e tentei prosseguir. Passaram-se três semanas até que aprendi a conduzir bem a bicicleta, comecei a andar sozinho, fiquei convencido, desorientado, e acelerado sem noção do perigo.
Certo dia aconteceu algo inesperado, colidi com meu avô, o que fez com que ele fosse diretamente ao chão. Como consequência ele foi para o hospital, logo os sentimentos de arrependimento e culpa, tomaram conta de mim. Ele levou certo tempo para se recuperar, dai então passei a ser mais calmo e cauteloso ao sair por aí pilotando minha querida bicicleta.

O fato de eu ter ganhado o presente dos meus sonhos teve uma versão bastante transtornada, mas foi uma etapa de vida bastante agradável, pois vivi uma infância diferente de outras pessoas.
 
S. N. M.

Nenhum comentário:

Postar um comentário